Como fazer balanço patrimonial corretamente?

Como fazer balanço patrimonial corretamente? – Usar uma planilha de balanço patrimonial pode melhorar o controle financeiro e o planejamento estratégico de uma empresa. Além de ser uma prática que facilita a prestação de contas e pagamento de tributos de uma empresa.

Como fazer balanço patrimonial corretamente

Fazer o controle financeiro de uma empresa nem sempre é simples e envolve diversos processos. Sabemos que no dia a dia é essencial fazer um acompanhamento de perto de receitas, despesas e outros indicadores financeiros.

Mas, conhecer os conceitos e outras ferramentas que fazem parte da gestão financeira e contábil de um negócio também deve ser uma prioridade.

Normalmente, quem está começando a empreender nem sempre sabe o que são e pra que servem determinados controles. E uma das maiores dúvidas que surge no primeiro ano de uma empresa é sobre o balanço patrimonial.

Para entender mais sobre isso e descobrir como fazer corretamente esse processo, continue lendo esse texto.

O que é e para que serve o balanço patrimonial?

O balanço patrimonial é um relatório contábil utilizado para apresentar a situação econômica de uma empresa. Nesse documento estão descritos os bens, direitos, recursos e investimentos do negócio.

Você também vai se Interessar:  Por que o Facebook está construindo um metaverso?

Esse balanço contábil tem funções muito importantes dentro de uma empresa, como:

  • identificar o comportamento financeiro da empresa
  • analisar o uso dos recursos financeiros
  • facilitar o planejamento tributário
  • ajudar no planejamento estratégico e tomadas de decisão
  • fornecer os dados contábeis e financeiros para investidores

O que levar em conta para usar uma planilha de balanço patrimonial?

Apesar de causar muitas dúvidas, com a ajuda de uma planilha de balanço patrimonial é possível fazer esse relatório de maneira mais prática. Ainda assim, é preciso entender o que precisa constar nesse documento e o que significa cada um desses itens.

O balanço patrimonial é dividido em três partes que tratam de itens diferentes:

Ativos 

Os ativos se resumem em tudo que pode ser convertido em dinheiro, como por exemplo máquinas, imóveis, produtos, etc. Assim, fazem parte dos ativos os bens, direitos e recursos da empresa.

Esses itens ainda são divididos em duas categorias:

Ativos circulantes: 

Que podem ser convertidos em dinheiro no período de um ano.

  • dinheiro em caixa
  • contas a receber
  • aplicações de curto-prazo
  • valor do estoque

Ativos não circulantes ou de longo prazo: 

Que precisam de mais de um ano para serem convertidos em dinheiro.

  • investimentos de longo prazo
  • imóveis e propriedades

Passivos

Já os passivos são as obrigações financeiras da empresa como o pagamento dos funcionários, custos de produção, tributos e empréstimos, por exemplo.

Essas despesas também são divididas em duas estruturas na planilha de balanço patrimonial:

Passivos circulantes: 

São as despesas, dívidas e pagamentos que têm prazo de vencimento inferior a doze meses.

  • aluguel e contas administrativas
  • pagamento de juros
  • impostos
  • folha de pagamento

Passivos não-circulantes: 

Aqueles que têm prazo maior do que um ano, como empréstimos de longo prazo, por exemplo.

  • empréstimos de longo prazo
  • dívidas de longo prazo

Patrimônio Líquido 

O patrimônio líquido é a soma de todos os recursos da empresa. Ou seja, ele é a diferença entre o total de ativos e o total de passivos.

Você também vai se Interessar:  Codigo Banco STATE STREET BRASIL SA - BANCO COMERCIAL

O resultado desse cálculo fornece o resultado financeiro que o negócio teve no último ano.

Como fazer o Balanço Patrimonial de uma empresa

Agora que você já entendeu quais são os pontos considerados na planilha de balanço patrimonial da empresa, vamos te ajudar a colocar isso em prática.

Quando fazer o balanço patrimonial?

Para fazer um melhor controle financeiro, você pode elaborar esse documento mais vezes no ano. No entanto, é preciso saber que esse relatório precisa ser feito obrigatoriamente a cada 12 meses.

Isso porque ele é uma das obrigações contábeis de uma empresa e deve ser apresentado, junto a outros demonstrativos, de acordo com o artigo 176 da Lei 6.404/76.

O que você precisa para fazer o balanço contábil

Outra coisa essencial para fazer o balanço contábil é ter uma boa gestão financeira da sua empresa. Fazer um acompanhamento detalhado de todas as fontes de receitas, as despesas, os bens e as dívidas da empresa vai facilitar muito o preenchimento da planilha de balanço patrimonial.

Indique todos os ativos

Liste todos os ativos do período levado em consideração, separados entre circulantes e não-circulantes. Calcule o subtotal de cada classificação e o Total dos Ativos.

Indique todos os passivos

Também adicionou todos os passivos circulantes e não circulantes da empresa no último ano. Nesse caso também é preciso calcular os subtotais e total de Passivos.

Calcule o patrimônio líquido

Nessa parte basta subtrair os todos os passivos do valor dos ativos, na seguinte fórmula:

Patrimônio Líquido = Total dos Ativos – Total dos Passivos

Faça todos os cálculos necessários

Além de calcular os ativos e passivos e patrimônio líquido, um dos principais pontos do balanço contábil são os cálculos dos principais indicadores. Essas fórmulas vão levar a conclusão sobre o resultado da empresa.

  • Indicadores de rentabilidade

Giro de Ativos = Vendas / Ativo total

Retorno sobre os Ativos = Lucro líquido / Ativo total

Retorno sobre Patrimônio Líquido = Lucro líquido / Patrimônio líquido

  • Indicadores de liquidez

Liquidez imediata = Disponível / Passivos circulantes

Você também vai se Interessar:  Codigo Banco Biorc Financeira - Crédito Financiamento e Investimento SA

Liquidez corrente = Ativo circulante / Passivo circulante

Liquidez seca = (Ativos circulantes – Estoques) / Passivos circulantes

Liquidez geral = (Ativos circulantes + Realizável em longo prazo) / (Passivo circulantes + Exigível em longo prazo)

  • Indicadores de Endividamentos

Grau de endividamento = Passivo / Patrimônio líquido

Endividamento = Passivo total / Ativo total

Classifique as contas patrimoniais

Por fim, basta classificar os resultados, quando positivos como lucro, quando negativos como prejuízo. 

Sabemos que esse documento contém muitas fórmulas e dados e pode parecer complexo. No entanto, as empresas que fazem um controle financeiro eficiente, acompanhando o fluxo de caixa e documentando todas as movimentações financeiras conseguem fazer esse processo com facilidade.

A planilha de balanço patrimonial é uma ferramenta que te ajuda a identificar e calcular os resultados. Basta preencher os valores nos espaços indicados e realizar com cálculos que relatamos acima.

Além de ser uma obrigação contábil, essa pode ser uma excelente ferramenta para indicar os melhores caminhos na hora de fazer o planejamento estratégico do ano seguinte.

Dicas de Conteúdo de Balanço Patrimonial que Cai nas Provas do Enem

Não deixe de estudar Contabilidade para o Enem, pois esse conteúdo é cerca de 30% da prova de matemática para a somatória dos 1000 pontos, estude bem para o Enem e não se esqueça da redação.

O resultado das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 já está disponível para consulta. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) antecipou a divulgação dos resultados finais do exame de sexta-feira (11) para hoje.

 

4.8/5 - (275 votes)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.